No século XIX, os imigrantes deixavam seus países de origem para fugir das guerras internas, da pobreza e da fome. Atravessavam os mares agarrados à esperança de uma vida melhor num país onde havia muitas terras disponíveis e áreas com climas semelhantes aos europeus.

Os alemães traziam como bagagem poucos bens materiais, na maioria das vezes, mas carregavam consigo uma grande riqueza cultural, que procuravam preservar mesmo diante das dificuldades encontradas para continuar a difundir seus valores éticos, culturais e religiosos.

Para atingir estes objetivos, as comunidades evangélicas edificavam escolas-capela, sem aparência exterior de igreja; portanto sem torre e sem sinos.

Em Vila Scharlau não poderia ser diferente. Em 1953, os membros da Comunidade, ainda pertencentes à Comunidade Evangélica de São Leopoldo, já haviam saldado a última prestação dos terrenos adquiridos para a construção de uma capela-escola, pois os mesmos também sentiam necessidade de educar seus filhos na fé cristã.

Dar tempo e carinho a uma idéia é o melhor caminho para vê-la realizada. A existência de apenas um colégio no bairro e as dificuldades de deslocamento até o centro de São Leopoldo em busca de ensino para os filhos sensibilizou a Comunidade Evangélica, cuja diretoria, não mediu esforços para viabilizar a abertura da então Escola Evangélica “Divino Mestre”, em 06.03.1961.

A Escola começou a funcionar inicialmente nas dependências conhecidas hoje como auditório. Naquele primeiro ano, a mesma contou com apenas 24 crianças do 1º ao 4º ano, sob o comando de uma única professora, incansável ao dividir o seu carinho, o seu tempo e o quadro-negro entre as quatro turmas ao mesmo tempo.

Em 15.11.1972, foram reconhecidos os cursos pré-primário e primário. Em 23.05.1974, foram reconhecidas as 6ª e 7ª séries e, em 21.01.1975, obteve a autorização para o funcionamento da 8ª série.

Em 06.10.1999, já como integrante da Rede Sinodal de Educação -IECLB (Igreja Evangélica de Confissão Luterana do Brasil), recebeu a autorização de funcionamento do curso de Ensino Médio, passando a denominar-se Colégio Evangélico Divino Mestre.

A proposta de trabalho do Colégio Evangélico Divino Mestre se norteia pela temática baseada na filosofia e no ensino dos valores cristãos. Busca tornar o jovem aluno, um ser humano solidário, ético, responsável, integrado na comunidade, que constrói a sua história e que seja capaz de contribuir para a melhoria da sociedade em constante transformação.

Propicia espaços de discussão, aprendizado e pesquisa, gincana, jogos, feiras, projetos e tantas outras atividades, todas voltadas para a valorização do ser humano.

Todos que por aqui passam, quer sejam alunos, professores, funcionários e/ou pais, de uma forma ou outra deixam lembranças e representam marcos inesquecíveis da história do nosso Colégio, pois todos juntos fazem do Divino Mestre o que ele é.

Nossa história…. Passado e presente caminham juntos e são responsáveis pela Educação, Fé e Competência construídas ao longo destes 49 anos de existência do DIVINO MESTRE.

 

O colégio Evangélico Divino Mestre é um estabelecimento de ensino da IECLB – Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil, com a qual se vincula através da comunidade Evangélica de Scharlau. É mantido pela ISAEC – Instituição Sinodal de Assistência e Cultura, entidade de serviço da IECLB e associado à Rede Sinodal de Educação. A Administração Geral do Colégio é exercida pelo Conselho Escolar e a Administração Técnica pela Direção.

Como Colégio Evangélico confessamos que cremos em Deus Pai, Filho e Espírito Santo, Criador e Mantenedor da Vida. Buscamos oportunizar ao nosso educando que vivencie o seu papel social como alguém responsável por si e pelo próximo perante Deus.

O Colégio Evangélico Divino Mestre norteia sua ação pedagógica educacional através da construção do conhecimento, buscando um concepção dialética, cognitiva, sócio-interacionista, crítico social, levando o educando a vivenciar aprendizagens significativas.